Torrão não, frutos secos em açúcar

A minha mãe tem por hábito, nas épocas de Páscoa e Natal, fazer uma bonita mesa na sala de estar, cheia de coisas extremamente boas e típicas destas épocas. Uma das coisas, que insiste que façamos, mesmo não tendo festa em casa é fazer o mesmo. Diz que é bom, que ajuda a prosperar. Diz ainda que não importa que não vá la ninguém a casa, devemos de fazer isso porque pode aparecer alguém e não ficamos mal.

Ora, eu confesso que me custa muito ter uma mesa farta, de coisas que eu não vou comer. Primeiro porque cá em casa, só eu vou comer, e depois porque eu só de pensar em pão-de-ló por exemplo já estou a medrar para os lados. Ou seja, em prol da alegria dela, eu decidi fazer uma micro mesa, ou estandarte com coisas que se aguentem muito tempo. Por exemplo, no Natal coloco um cesto de frutos secos e um pote cheio de chocolates. Na Páscoa uma tábua com uma mini regueifa e laranjas. Pelo que eu ouço, as laranjas são para se ter dinheiro no próximo ano para o compasso… Eu nem recebo o compasso, mas não entro em conflito com crenças dos meus avós, não sei bem o que isso pode implicar e portanto, está bem eu faço.

Ora bem, o que acontece depois das festas encerradas?? Muito bem. Controlo alimentar, e portanto restos… Desde armários a nadar em chocolates, regueifa doce que nunca mais tem fim e frutos secos.

Os chocolates são comidos pianamente, que é como quem, diz quando chega à próxima festa ainda temos chocolates. Entre o Natal e a Páscoa, são 3 meses. Entre a Páscoa e o Natal 9. Se nos três primeiros não conseguimos comer tudo, nos 9 seguintes temos sérias dificuldades. Pescadinha de rabo na boca.

A regueifa, corto em porções e congelo. Ao longo do tempo vou descongelando e comendo.

Os frutos secos… Bem, este é o problema, o que fazer aos frutos secos?? Não sei… Ah é alimento para o cérebro. Está bem, mas o meu cérebro tem de se cansar muito, antes de começar a comer o miolinho da casca dura… Então hoje tomei uma decisão. Primeiro porque o cesto onde vinham é giríssimo e dá para embelezar o nosso cantinho dos chocolates, segundo, porque já não tenho onde colocar o cesto cheio de frutos secos. Na pascoa serviu de base às laranjas, mas agora, só daqui a 9 meses, portanto hoje tive uma luz!

Quando vinha para casa, e enquanto fazia uma lista mental de tarefas, incluí dar fim aos frutos secos. Cheguei a casa, fiz as tarefas e comecei o processo a que chamei….rufos por favor… DAR FIM AOS FRUTOS SECOS. Que nome tão elaborados e sugestivos, só que não…

Então, abri tudo. Tinha nozes, amêndoas, avelãs e noz pecã. Lavei, e sequei os frutos secos. Reservei, e como se estivesse a fazer Torrão, fiz as barritas de frutos secos. É exatamente igual.

 

FRUTOS SECOS EM AÇÚCAR

O que vais precisar?

  • 100gr de frutos secos sem casca;
  • 100gr de Açúcar;
  • 1 colher se sopa de Manteiga;

Como vais fazer?

  1. Pegas numa frigideira bem larga, e colocas o açúcar e a manteiga;
  2. Quando o açúcar começar a ficar castanho, adiciona-se os frutos secos;
  3. Com uma colher de pau mistura-se tudo muito bem;
  4. Verte-se para papel vegetal, esticando bem, até uma altura máxima, de um fruto seco, e deixa-se arrefecer;
  5. Depois é cortar e comer, ou guardar que foi o que eu fiz…

IMG_20180408_162942

 

Anúncios