Crónicas do Sheldon

Versão Portuguesa

The big bang theory estreou-se em 2007 nos EUA. Honestamente não sei quando se estreou na rtp2. Sei que adorava ver as series que davam entre os desenhos animados e o telejornal, e uma dessas series era precisamente The big bang theory. Confesso que, depois do primeiro episódio, colei. Era a Peny e os rapazes, e apesar de eu e os meus amigos estudarmos todos engenharia, eu identifiquei-me com ela. Não pela falta de conhecimentos físicos e matemáticos, mas pela falta de capacidade de perceber a maior parte da conversa nerd… O personagem que me arrebatou, foi o Sheldon Cooper. Não sei se por ser um autista não diagnosticado, ou como ele diz:”normal porque a mãe fez-lhe exames”, ou pelo facto de ser diferente. Uma pessoa completamente desprovida de senso comum.

Infelizmente os episódios deixaram de dar na rtp2. Foram precisos alguns anos até eu poder voltar a acompanhar tudo.

Em 2010, já eu estava a trabalhar e via os episódios regularmente. Diariamente, fazia viagens de comboio com o Diogo, e passávamos esse tempo a comentar sobre a série. O nosso vicio era tal, que o Pedro acabou por ter curiosidade em ver, ou seja acabou como nós, viciado.

A série é de tal forma um sucesso internacional, que a LEGO criou o backstage com as personagens, em 2015. Neste mesmo ano, eu estive em Colónia na Alemanha e fui propositadamente à loja da lego comprar o presente de Natal do Pedro.Imagina o que?! A verdade é que aproveitei para lhe dizer que ia ser o nosso primeiro bibelot.

2016 chegou, e o bibelot já estava montado.

Em Julho, eu e o Pedro iniciamos a nossa vida em concubinagem. Em Setembro adoptamos um cão. Passamos por tanto a ser os companheiros de casa do Sheldon Cooper. Um beagle irrequieto, com um sinal no nariz, que muitas vezes nos faz perder a paciência, mas que nos está a ensinar a ser pacientes. Ou seja, um Beagle peculiar, como o homónimo Sheldon Cooper. Estou mesmo à espera da altura em que ele bate três vezes à porta e repete o meu nome pelo meio.

Resumindo, o Sheldon é o novo personagem da nossa historia. Ele é tão louco que me faz ter vontade de vir aqui contar-te as aventuras dele. Além disso, apesar de ter “ajudado” a criar 2 cães, tenho a sensação que não percebo muito disto. Como tal, decidi uma vez de vez em quando, abrir este espaço às Crónicas do Sheldon. Vou tentar contar as diabruras, e novidades que este Beagle nos vai obrigar a vivenciar diariamente.

Espero que esta seja mais uma maneira de te fazer ter vontade de cá vir.

PS: Ele ainda só tem 2 meses, e eu já fiz mais noitadas do que quando andava na universidade…

 

English Version

The big bang theory was released in 2007 in USA. Honestly I don’t remenber when it was released in nacional television, in Portugal. I know that I loved to watch shows between cartoons and television news, and one of those shows was the Big Bang Theory. I admit that I became addicted instantly. Peny and the guys, made my day. Even though, I and almost all of my friends were studying engineering, I identified myself with Peny. Not for the lack of knowledge, but the inability to realize most of the nerd talk. From all of the guys, Sheldon Cooper was the one that I fell for. I do not know whether if by the fact he is an undiagnosed autistic, or as he says:” normal because my mother tested me”, or by being different. A person with a complet lack of commonsense.

Unfortunately, nacional television stop the show. It took me a while to catch everything again.

In 2010, when I started to work, I was watching the show regularly. So, during my train travel to work with Diogo, we used to discuss everything about the show. Our addiction was in such a way, that Pedro turned out to be curious enough to see it and just like us became hooked.

The show reached international success, and for that reason, LEGO created the backstage with the characters in 2015. That same year, I went to Cologne in Germany and purposely went to the LEGOvstore to buy Pedro’s Christmas present, imagine what ?! The truth is that I glued a paper to it saying: “this is going to be our first trinket”.

2016 arrived, and our trinket was already assembled.

In July, Pedro and I started our concubinage life. In September we adopt a dog. Basically, we became Sheldon’s housemates. A fidgety beagle, with a sign in the nose, which often makes us lose patience, but is teaching us to be patient. That is, a peculiar Beagle Just like his homonymous Sheldon Cooper. I’m just waiting for the time when he knocks three times on the door and repeatedly says my name in the middle.

In short, Sheldon is the new character of our history. It’s so crazy that makes me want to come here to tell about his insanities. Moreover, despite having “helped” breeding of two dogs, I feel that I don’t know nothing about it. As such, I decided to once in a while I will open this space to Sheldon Chronicles. I will try to tell his way of seeing the world, and ou way of living with a Beagle.

I hope this gives you another excuse to make you come here!

 

PS: Sheldon’s only two months, and I’ve already lost more nights than during college!

 

wp_20161015_17_22_13_pro

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s