Cerejas do fundão e novelas que fazem chorar

Há momentos da vida em que a nostalgia bate fundo. Eu tenho alguns desses momentos, ou não fosse eu uma saudosista. Um desses meus momentos acontece quando vejo uma caixa de cerejas. Incrível eu sei, podiam ser maçãs ou morangos, mas não, são cerejas.

Eu vivi 2 anos com  amigas em Aveiro, já falei delas, a Andreia e a Ana. A Ana sempre foi uma senhora, calma ponderada. A Andreia sempre foi a menina tímida. Ambas são de pequenas terras portuguesas, contudo uma ainda tem o sal do litoral já a outra tem a doçura da cereja. Cerejas, aqui estão elas, a fruta que me faz ficar com saudade. A Andreia vem de Orjais, uma pequena aldeia do concelho da Covilhã, distrito de Castelo Branco. Fica muito próximo de Belmonte, onde reside a maior comunidade judia de Portugal e também muito próximo do Fundão, que do meu ponto de vista, tem das melhores cerejas que eu já comi. Obviamente não posso desfazer as gordas e sumarentas cerejas de Resende, mas as do Fundão têm um sabor especial. Tudo porque, a Andreia, quando chegava a altura da cereja e deslocava até casa, vinha carregada de cerejas. Nó sobremesavamos cerejas, fazíamos serão ao sabor da cereja, discutíamos amores e desamores cada uma com o seu pote de cerejas… Enfim, era o nosso elo.

Num dos fins de semana em que tive de ficar em Aveiro, terminava a novela que eu andava a acompanhar fazia tempo, se não me engano era “O caminho das índias”, um daqueles enredos que inclui factos históricos, factos culturais e muitas historias de amor. Tudo aquilo que eu precisava a uma sexta à noite, sozinha na minha casa universitária. Escusado será dizer que a televisão avariou e eu só consegui ver os primeiros 15 minutos da novela… Tive de solucionar o drama. Para piorar, eu choro baba e ranho neste momentos, o ideal seria ter um pote de gelado de chocolate para afogar as mágoas ou então uma barra de chocolate. Não havia nada… somente o enorme cesto de cerejas. Foi aí que percebi que o que uma mulher necessita no momento de baba e ranho não é chocolate, é açúcar, nem que seja derivado da fruta. Assim, depois de procurar nos meandros da WWW , encontrei um site que dava a novela em directo, vá tinha um atraso na imagem em relação ao som, ou vice versa, mas deu para ver a novela. Deu também para comer tantas mas tantas cerejas, que no dia seguinte fiquei um pouco mal da barriga. Mas ao menos consolada.

Isto vem tudo a propósito da chegada das cerejas em quantidades industriais, cá a casa. Ou seja hoje de manha cheguei ao frigorífico, durante a minha procura matinal por alimento, e deparo-me com um belo tabuleiro de cerejas, e pensei:” e porque não dar-vos uso???” Então, enquanto me lembrava do fim da novela, em que a personagem principal ficava viúva, cortavam-lhe o cabelo e ela era deixada numa espécie de prisão para viúvas morrerem… Horrível, e me lembrava da mistura de sabores entre as minhas salgadas lágrimas e a doçura das cerejas fiz um pão-de-ló coberto de mousse de cerejas!!! Muito simples, vê só.

PÃO-DE-LÓ E MOUSSE DE CEREJAS

O que vais precisar?

  • 12 ovos
  • 400gr de açucar
  • 400gr de farinha e 1 colher de sobremesa de fermento, tudo misturado
  • 1 colher de sopa de óleo
  • 150gr de cerejas descaroçadas

Como vais fazer?

  1. Divide os ovos, e bate muito bem as claras em castelo;
  2. Bate as gemas com o açúcar e o óleo;
  3. Adiciona as claras às gemas e com a a batedeira em nível baixo mistura tudo muito bem;
  4. Quando estiver bem misturado, adicionas a farinha com auxilio de um coador e misturas com uma colher de pau;
  5. Unta uma forma com manteiga e polvilha farinha e leva ao forno;
  6. Testa com o palito até o bolo ficar pronto;
  7. agora colocas as cerejas, descaroçadas, na 123 e trituras muito bem até ficar uma espécie de mousse. Não adiciones mais nada;
  8. Quando o bolo estiver pronto, desenforma-o ainda meio quente e pica-o com o palito na parte superior;
  9. Depois de o picares coloca a mousse por cima, e assim o bolo absorve a mousse;
  10. Decora com cerejas inteiras e serve.

CAM00414  CAM00416

CAM00415

Anúncios

Um pensamento sobre “Cerejas do fundão e novelas que fazem chorar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s