A simplicidade da vida!

As coisas mais simples da vida são as que nos trazem a maior felicidade, que o diga a Maria de “The sound of music”.

Não sei se alguma vez viste o filme, mas não te preocupes se não viste uma das 1500 vezes que passou na RTP1 em época de páscoa. Eu estou aqui também para fazer resumos bastante reais de filmes. Basicamente “the sound of music” ou em português “A musica no coração” retrata um Capitão viúvo, pai de uma família numerosa que não tem tempo nem paciência para os filhos e por isso deixa-os entregues a uma nanny, acontece que as nannys fogem sempre porque a prole, devido à falta de atenção sofre de má educação aguda. Um dia, uma freira meia desviada é convidada para ir tomar conta da prole, devido ao seu temor a Deus tem a paciência necessária e ensina os malcriados a cantar. O capitão viúvo que até então não tencionava voltar a apaixonar-se, morre de amores pela Maria (freira retratada) um dia decide que está na hora de casarem e viverem felizes para sempre. Tudo corria bem a esta re-estruturada família Von Trap quando o Hitler decide abancar na Austria. Ora o Capitão que é anti-Hitler diz:” tá decidido, todos sabemos cantar o edelweiss, (ou em portugês dente de leão) e por isso vamos entrar no concurso anual de musica para distrair os opositores e saímos do palco ao som de edelweiss e corremos para as montanhas” Agora spoiller allert,  eles conseguem fugir porque o moço que gostava da filha do capitão decide encobri-los! Fim

É verídico são três horas de filme para contar esta história, a culpa não é da Julie Andrews, é das tecnologias da altura que tornavam tudo mais lento. Contudo o que eu queria que se retivesse deste filme é a musica “my favourite things“. Nesta musica a Maria canta aos meninos aterrorizados pela trovoada. A musica fala das coisas favoritas ou como eu traduzo as coisas simples que nos enchem o coração. Os bigodes num gato, streudel de maça crocante, panados com massa enfim coisas simples e que nos enchem o dia. Eu adoro a musica mas trocava os bigodes de gato pela preguiça do meu pequeno Leo. Enfim de qualquer forma sempre que a musica me soa eu sinto um quentinho tão grande e uma felicidade igual.

Hoje não sei porque raios, acordei com a musica “my favourite things” na cabeça e ás tantas o meu cérebro fez-me viajar à cozinha da minha casa, do tempo de universidade em Aveiro. A cozinha que eu partilhei com a Andreia, a Ana e a Carlota. A cozinha onde aos domingos à noite nos encontrávamos para deixar aquilo que as nossas mães nos mandavam, a cozinha onde experimentei pela primeira vez os esquecidos. Pelo que eu percebi, os esquecido são uns bolinhos do interior do nosso país e que são feitos para aproveitar o calor do forno a lenha. Ou seja, coze-se a broa e com o calor restante aproveita-se e cozem-se estes pedacinho de coisas boas. A Andreia era o elemento do interior do país, mais precisamente de uma pequena aldeia da Covilhã e sempre que a mãe fazia esquecidos ela trazia e eu tinha lanche para levar para a universidade. Eram tão saborosos… Imagina só o que foi que eu fiz… ah ah, hoje, depois da minha rotina matinal, em que canto uma musica com o Leo, e depois de tomar a mais importante refeição do dia, fui ao meu livro de receitas e encontrei a receita dos esquecido. Acendi o fogão e pus mão à obra. No fim do serviço feito, comi um esquecido, a sensação que tive foi que as pequenas coisas e prazeres da vida fazem de nós pessoa tão mais feliz!

Aqui fica a musica da Maria aos miúdos!

 

ESQUECIDOS

O que vais precisar?

  • 250gr de Açúcar
  • 4 ovos inteiros
  • 250gr de Farinha
  • Raspa de 1limão e uma laranja
  • Açúcar q.b.

Como vais fazer?

  1. Acende o fogão
  2. Besunta um tabuleiro com manteiga e reserva
  3. Numa bacia bates o açúcar com os ovos, quando a massa estiver homogénea adiciona as raspas de limão e laranja.
  4. Com o auxilio de uma colher de pau, mistura a farinha toda.
  5. Passa farinha no fundo do tabuleiro e dispõe com auxilio de uma colher, pequenos montinhos de massa.
  6. Leva ao forno por 5 minutos, tira, espalha açúcar por cima e volta ao forno por mais um bocado até ficarem num tom mais castanho.
  7. Serve e serve-te!

Imagem

 

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “A simplicidade da vida!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s