Pão com chouriço que agrada

Vejamos, eu já aqui falei dos queques de chouriço. Devo confessar que rapidamente desapareceram… mas o Rui não ficou convencido… é então que inicia a minha debandada.

Quando eu era miúda achava sempre que a minha mãe se esforçava demais para agradar, entretanto cresci e a Marta também se começou a esforçar para agradar. Eu que sou engenheira de profissão, ou seja estudei no meio de homens, trabalho no meio de homens e ainda sou a menina do papá, percebi que quando eles estão satisfeitos nós até parecemos mais giras e Sejamos honestos, uns com os outros toda a mulher gosta de um piropo desde que não seja porco.

Enfim, as mulheres são um bicho incrível porque, como eu sempre ouvi dizer, têm a manha de sete raposas, e como eu também sempre ouvi dizer cada raposa tem a manha de sete mulheres. Em suma, nós temos prazer em agradar porque sabemos que vamos obter alguma coisa. Não me interpretem mal, eu não estou a dizer que a mulher deve ser capacho e muito menos estou a dizer que todos os homens sabem aproveitar o facto de ter uma mulher que agrada. Pelo contrário, estou a tentar demonstrar que a mulher durante muito tempo foi subestimada quando na verdade era o motor para que tudo funcionasse. No outro dia estava a ler uma antiga edição de uma revista para mulheres que dizia qualquer coisa como, mantenha o seu homem sempre feliz. Há primeira vista isto é um ultraje, até porque acabei por ler outras frases que azedaram o meu fígado. Contudo, esta frase tem muito que se lhe diga porque a realidade é a seguinte, e é baseada na teoria dos favores em cadeia, quando eu faço o meu companheiro feliz, ele faz-me a mim feliz ou seja não há caos instalado. Mais uma vez, quero referir que toda a teoria tem um corolário e toda a regra excepção. Porem, é esta a forma de conseguir a harmonia nas relações. Eu tenho para mim que tudo o que aqui disse serve não só para casais como por exemplo para relações entre amigos.

 Voltando então ao tema do agradar. Eu estava a contar que vi a minha mãe e a Marta sempre a querer agradar e a minha reacção a isto era qualquer coisa como a simulação de um vómito, em compensação a reacção destas mulheres era, tu um dia vais lá chegar e vais perceber. O tempo foi passando, e eu sem me aperceber que estava a tentar agradar os que me rodeavam. Pediam eu fazia, ligavam eu ia. Até que um dia fui apanhada e apaixonei-me por um dos meus melhores amigos e então compreendi o que a Marta e a minha mãe sempre me disseram, nós temos prazer em agradar, não só porque vem aquela parte que falei, mas também porque a recepção da outra parte é tão quentinha.  Sim eu confesso, agora quem simula o vómito é a Andreia e sim eu sei que sou como as outras, mas eu não quero saber. Toda esta história do querer agradar vem ao encontro dos queques com chouriço que o Rui não gostou o que me fez aprimorar a receita e fez-me chegar aos pães de chouriço. No outro dia fiz uma versão e o Rui disse que estava bom mas eu devia fazer qualquer coisa diferente e então cheguei à minha actual receita de pão com chouriço. Aqui fica a minha receita para agradar, que pelo que percebi agradou todos menos o meu pai que não gosta de pão com chouriço… tenho de inventar pão com queijo para agradar o outro homem da minha vida.

Ps: eu assumo, eu amoleci…

PÃO COM CHOURIÇO

O que vais precisar?

  • 750gr de Farinha
  • 100gr de creme vegetal ou vaqueiro
  • 25gr de fermento de padeiro
  • 250ml de água quente
  • 2 Colheres de café de sal grosso
  • 250gr de chouriço fatiado

Como vais fazer?

1º Numa bacia coloca 200gr de farinha e faz uma muralha deixando o meio sem nada

2º Mistura o fermento, a água quente e o vaqueiro e o sal tudo num recipiente e deixa desfazer  tudo, até ficar uma água grossa. Se for preciso leva um pouquinho ao lume.

3º Adiciona o preparado anterior à bacia e com uma colher de pau mexe tudo. Vai ficar uma massa líquida mas é aqui que vai adicionar gradualmente a restante farinha. Nota que a certa altura a colher de pau deve ser posta de parte e tens de mexer com as mãos, mistura muito bem e se achares que precisas de mais farinha adicionar. A Massa final fica bem leve e bem elástica.

4º Deixa repousar/levedar por uma hora, ela cresce para o dobro se for preciso deixa mais um pouco.

5º Depois de levedada, liga o forno a 100º e estica a massa, espalha o chouriço e enrola. Faz um rolo da massa com o chouriço pelo meio.

6º Unta um tabuleiro com azeite e corta o rolo de massa em bocados iguais e dá a forma de uma bolinha e coloca no tabuleiro.

7º Leva ao forno até ganhar um tom castanho claro. Para saber se ficou cozida e fofa pelo meio bate no fundo do pão e soar oco, provavelmente tá fofo dentro. Vi isto no britain’s best bakery.

Imagem

8º Espero sinceramente que te agrade, ou não fosse esta a minha nova actividade.

Imagem

 

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Pão com chouriço que agrada

  1. Que aspecto delicioso!!!!
    Estás uma expert.. sonhas c o pao c chouriço desde q falaram da bimby loloool.
    Parabens.

    Ps:continuo sem descobrir como ser seguidora do blog :((((

  2. Vou experimentar!!
    Concordo plenamente contigo quanto ao agradar =) faz todo o sentido e dá prazer, sim senhora!
    Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s