As melhores batatas fritas do mundo

Neste espaço que dedico aos meus devaneios culinários e mentais, já fiz referencia a Guilty Pleasure e a confort food. Porem faltou-me referenciar Guilty Pleasure e Confort Food como um único elemento. Já lá chegaremos…

Pois bem, eu fui criada por duas grandes mulheres, a minha Mãe e a minha Tia Lina, a minha Mãe já falei dela e não vou voltar a referenciar o amor que lhe tenho. Contudo, da Tia Lina, pouco ou nada disse. A Tia Lina entra na minha árvore genealógica como sendo, uma das irmãs do meu Pai. Ela na verdade tem uma diferença de 10 anos do meu pai, acabando por o tratar muitas vezes como um filho. Fazendo de mim e da minha irmã 2 netas/filhas/sobrinhas. A Tia Lina é a avó que eu nunca tive o prazer de conhecer, porém é também uma segunda mãe. Eu desde miúda nunca tive como ir a casa da avó buscar comida ou mimos. Contudo, tinha a casa da Tia Lina para comer coisas doces que haviam em minha casa, mas não tinham o mesmo sabor. Coisas de miúdos. Eu passava os meus dias em casa dela, eu os filhos dela a minha irmã e mais duas primas minhas. Ao almoço éramos, num dia comum, cerca de 9 pessoas a comer mais o Joca… o nosso cão que também passava lá o dia porque a minha mãe trabalhava. Ou seja, sendo a casa da Tia Lina muito pequenina, com 2 quartos, uma sala, uma cozinha e uma casa de banho, tudo isto dividido por menos de 60m2… enfim era um filme. Porém era uma alegria. Uns comiam na sala, outros na cozinha e ás vezes comíamos na escada que dava para a casa da vizinha….  Não consigo transmitir a sensação de nostalgia que isso me causa. Foi lá que me ensinaram o número 1 e foi também lá que me ensinaram que a mão-direita é do lado do frigorífico. Foi lá que aprendi a amar o cheiro da Páscoa e a venerar café com leite e pão seco. Para imaginares, a minha mãe, quando de tarde não trabalhava, escapava-se para comer da comida da Tia Lina, que, do meu inocente e desconhecido ponto de vista, sabe a comida da nossa avó.

Quando eu chegava da escola com a minha prima Regina, costumávamos apostar o que era o almoço daquele dia, tudo era um regalo. Porem, eu consigo facilmente escolher o meu prato favorito. Aquilo que ainda hoje me faz ficar com olhos gigantes e boca aberta… Batatas fritas caseiras. As melhores Batatas fritas caseiras do mundo! São únicas e eu amo tanto mas tanto que até faço as famosas sandes de batata frita. Minha Nossa Senhora da Ajuda me ajude, é incrível o sabor, o prazer e o conforto… ah e a culpa que se segue por culpa desta ingestão de hidratos dos Deuses. Ou seja, trata-se do meu “Guilty Pleasure plus Confort food”. Elas eram obviamente feitas com o amor da Tia Lina, mas eram também feitas numa panela de cesto e não numa fritadeira toda maneira do tipo amazing gadget. O que significa que mal entrassemos na viela que leva a casa da Tia Lina, o cheiro das batatinhas fritas alcançava-nos… e mesmo de mochilão carregado nós corríamos para as comer… ainda a fumegar…

O tempo passa e eu ainda hoje faço o choradinho à Tia Lina pelas suas batatas, ela faz-mas e eu sou novamente a Gequinha…

Porém, e como eu não posso ficar com as melhores batatas fritas do mundo para mim, este fim-de-semana, enquanto estive numa pitoresca aldeia Portuguesa, sem intento de tal, consegui reproduzir as batatas da Tia Lina. Infelizmente, nunca vão substituir as batatas fritas desta mulher gigante que é a Tia Lina, contudo são um bocadinho do legado da Tia Lina.

Batatas Fritas da Tia Lina

O que precisas?

2 batatas grandes por pessoa

1 colher de sopa de sal grosso por cada duas batatas

1 bacia

1 panela de cesto, pode ser como esta que aqui te mostro

 Imagem

1 garrafa de óleo

1 faca

água Qb.

Como vais fazer?

1º Verte a garrafa de óleo para a panela de cesto e leva ao lume.

2º Descasca as batatas e corta-as em palitos

3º Lava com água tépida

4º Coloca as batatas dentro da bacia com sal e água

5º Por esta altura o óleo já está quente, por isso começa a colocar as batatas para fritar

6º Quando as pontas ficarem de um tom amarelo torrado, está na hora de tirar do óleo.

Imagem

Diverte-te a comer…. ah é verdade, pega num pão enche-o de batatas fritas e experimenta a verdadeira sandes de batatas!!

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “As melhores batatas fritas do mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s